5 problemas que uma boa Infraestrutura em radiologia pode resolver!

Saiba quais desafios recorrentes podem ser evitados no hospital com a melhora da infraestrutura em radiologia

Em hospitais e clínicas de todo o Brasil, os problemas de infraestrutura em radiologia são recorrentes e resultam em dificuldades e desafios na gestão desses locais, o que exige um posicionamento proativo da equipe para resolver e evitar essas questões.

Disponibilizar o serviço de radiologia é fundamental, pois muitos diagnósticos só são possíveis com a realização dos exames de imagem. Entre os exames mais comuns estão inclusos os de raio-x, tomografia computadorizada, ressonância magnética, mamografia e outros.

Quais os desafios na infraestrutura em radiologia?

Devido aos diversos exames de imagem disponibilizados, a gestão e operação da área de radiologia apresentam desafios aos gestores. Confira a seguir cinco problemas recorrentes nessa área da saúde e como eles podem ser enfrentados e evitados.

1. Atraso na entrega dos laudos

A primeira ocorrência comum na infraestrutura em radiologia refere-se à recorrência do atraso na entrega dos laudos. Esse problema é devido aos poucos colaboradores responsáveis pela emissão de laudos in loco, o que muitas vezes resulta no acúmulo deles.

O atraso na entrega dos laudos faz com que haja sobrecarga de trabalho para os radiologistas do hospital ou clínica e também cause insatisfação por parte dos pacientes, que demoram para conhecer o diagnóstico a partir dos exames realizados.

Essa situação pode ocorrer inclusive em instituições nas quais há disponibilidade de equipamentos para realização dos exames de imagem, mas que possuem a restrição no número de radiologistas e técnicos disponíveis.

Uma estratégia para reverter essa situação é investir na terceirização da emissão de laudos, com empresas de telerradiologia a distância. Essas companhias especializadas possuem técnicos experientes para essa função, garantindo agilidade no processo.

 

Quer descobrir mais sobre telerradiologia? Entenda tudo sobre esse universo que pode agregar mais resultados em sua clínica com a aceleração de diagnósticos, rapidez na entrega de laudos para pacientes, saúde e tecnologia. A DiagRad preparou um conteúdo exclusivo para você e pode ser sua parceira nos serviços de telemedicina!

Telerradiologia

 

2. Dificuldades na contratação de plantonistas

Também relacionado com a dificuldade de preencher o quadro de colaboradores está outro desafio de infraestrutura em radiologia que é a contratação de plantonistas para laudar os exames da emergência.

Essa ocorrência é menos comum nas clínicas que funcionam em horário comercial, mas é frequente no caso dos hospitais, nos qual o funcionamento é, muitas vezes, de 24 horas, 7 dias por semana.

Nesses casos, a necessidade de laudos urgentes é frequente, mas nem sempre as empresas conseguem contar com especialistas nos plantões, sendo a tarefa desempenhada por um técnico generalista ou mesmo não atendendo esse tipo de demanda nos horários de menor movimento.

Os laudos a distância também atendem essa demanda do setor de radiologia de clínicas e hospitais, pois por essas empresas concentrarem as solicitações de diversas instituições e cidades, é possível manter especialistas no plantão para emissão dos laudos dos exames.

Não deixe de conferir – Radiologia a distância: 5 doenças que podem ser diagnosticadas

3. Problemas para encontrar exames

A tecnologia tem permitido, cada vez mais, que sejam evitados processos ecologicamente danosos e desatualizados, como o uso de papel para impressões de exames e laudos.

Outro problema dessa solução é que os exames e laudos podem ser perdidos antes mesmo que sejam entregues aos pacientes ou também que fiquem danificados. Nesses casos, torna-se necessário refazer o exame, elevando os custos do hospital.

A perda ou dano dos exames podem ser evitados com o uso adequado da tecnologia nessa área, como com a adoção de soluções digitais. Com os exames digitalizados, por exemplo, o radiologista que vai laudar pode acessar detalhes da imagem sem prejuízos na qualidade.

Dessa forma, além de aumentar a segurança do paciente quanto ao exame, evitando perdas e danos, as soluções digitais também minimizam os custos relacionados com a impressão.

Veja também – Laudos urgentes: saiba quais são os resultados que você pode receber em 24h

4. Qualidade dos laudos emitidos

A infraestrutura em radiologia do hospital também impacta a qualidade dos laudos emitidos. Inicialmente, os aparelhos digitais influenciam a nitidez dos exames de imagem e, consequentemente, a possibilidade de ver detalhes com mais precisão, melhorando os laudos.

Outro aspecto determinante é o profissionalismo dos radiologistas disponíveis no local, pois cada tipo de exame e suspeitas clínicas demandam experiências específicas para que seja possível um diagnóstico mais adequado e o encaminhamento para um tratamento correto.

Dessa forma, o investimento adequado na infraestrutura, tanto considerando a equipe do setor de radiologia, como os equipamentos utilizados, influencia para uma maior qualidade dos laudos.

infraestrutura em radiologia

Confira mais – Como contratar um serviço de radiologia a distância

5. Atendimento ao paciente

Um aspecto recorrente nos setores de radiologia determinado pela infraestrutura do local é o atendimento ao paciente, que normalmente enfrenta uma série de desafios ocasionados por problemas de investimentos e organização no setor, como:

  • mistura de pacientes internos (hospitalizados) e os externos (aqueles que foram realizar apenas um exame), ocasionando dificuldades na gestão;
  • demora no atendimento aos pacientes, com uma avaliação ruim do trabalho da equipe devido o acúmulo de pessoas aguardando;
  • pacientes que não estão preparados para realização do exame, como em jejum no caso de pessoas que precisam realizar exame de imagem com contraste.

Uma melhor infraestrutura em radiologia somada a maior organização do departamento são aspectos determinantes para que esse setor possa oferecer um atendimento mais qualificado para os pacientes, melhorando as condições para desenvolvimento das atividades, produtividade da equipe e resultados alcançados.

Muitos problemas atuais de infraestrutura em radiologia devem-se a inadequação dos processos do hospital e também do orçamento reduzido na área de recursos humanos, reduzindo o número de radiologistas qualificados e também de plantonistas.

Dessa forma, os laudos a distância tornam-se uma opção economicamente viável e, em muitos casos, necessária para melhorar o funcionamento da área de radiologia do hospital.

Matérias Relacionadas

Empresa de Telerradiologia

Receba Novidades
sobre gestão hospitalar e tendências da telerradiologia

Orçamentos

Orçamentos