medicina nuclear

A Medicina Nuclear é uma especialidade médica que utiliza materiais radioativos com propósito diagnóstico e terapêutico. Esses materiais radioativos são administrados in vivo, por via venosa, oral, inalatória ou subcutânea. Apresentam distribuição para órgãos ou tipos celulares específicos, sem a existência de riscos de reações alérgicas. Com métodos seguros e praticamente indolores, a medicina nuclear emprega recursos não invasivos e de baixo custo para garantir informações que os demais exames diagnósticos não conseguem.

A cintilografia e a tomografia por emissão de pósitrons (PET/CT) são os principais métodos utilizados nos laudos de medicina nuclear. A aplicação dessas técnicas podem servir por exemplo na avaliação funcional de órgãos como a tiróide, as paratiróides, as glândulas salivares, o pâncreas, o fígado e as vias biliares, os pulmões e os rins. Além do mapeamento da irrigação sanguínea e da viabilidade do cérebro e do coração, entre outras funcionalidades. Os aparelhos devem ser frequentemente calibrados para garantir imagens de qualidade e controle absoluto da quantidade de radiofármacos. Sempre sob supervisão do médico especialista na área.


Fale conosco

Por favor, preencha este campo.
Por favor, preencha este campo.
Por favor, preencha este campo.
Por favor, preencha este campo.
Por favor, preencha este campo.

Eu gostaria de receber as novidades da DiagRad.

Sua mensagem foi enviada.
Fale conosco