Como encontrar o melhor sistema de prontuário eletrônico?

Conhecer quais as especificidades do PEP e quais critérios usar na escolha é fundamental para uma decisão mais assertiva.

O Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) consiste em uma tecnologia utilizada na área de saúde para realizar o registro, armazenamento e controle digital dos dados dos pacientes. O objetivo é melhorar o atendimento, aumentar a segurança, reduzir custos e otimizar a operação.

Com o auxílio da tecnologia, esses objetivos têm sido alcançados e o Brasil já destaca-se pelo amplo uso das funcionalidades eletrônicas na área da saúde.

Segunda a pesquisa “Uso de prontuários eletrônicos aumenta e tempo nos consultórios brasileiros diminui”, realizada pela Accenture, 25% dos médicos utilizam sistemas digitais no processo de atendimento, recepção de resultados clínicos e suporte às decisões clínicas.

A seguir, saiba como identificar um sistema de prontuário eletrônico que atenda às necessidades da sua clínica!

Quais as vantagens de usar um prontuário eletrônico?

Inicialmente, é importante que os profissionais da saúde estejam mais dispostos ao uso de diferentes tecnologias para melhorar e otimizar os processos da área. De acordo com a mesma pesquisa da Accenture, 70% dos médicos brasileiros afirmam estar mais aptos ao uso dos prontuários eletrônicos do que há dois anos.

Essa maior disposição à aplicação dos recursos tecnológicos na área da saúde deve-se aos benefícios proporcionados pela solução, como:

  • redução de custos operacionais e recursos;
  • otimização dos processos;
  • melhora do atendimento ao paciente;
  • melhor organização dos profissionais;
  • mais facilidade na administração de documentos e de tempo.

As vantagens, portanto, impactam os profissionais de saúde, mas também os pacientes, ocasionando melhorias significativas na oferta de serviços de saúde no país.

Como escolher o prontuário eletrônico para a clínica?

Devido aos benefícios proporcionados pela adoção do prontuário eletrônico é relevante que as clínicas e hospitais escolham PEPs de confiança e que realmente agreguem ao processo de atendimento.

Portanto, para que essa realização seja possível existem diversos critérios que devem ser usados para avaliar um software antes de implementá-lo na clínica. Confira os principais a seguir!

Objetivos do negócio

Atualmente, existem diversos tipos de prontuários eletrônicos disponíveis no mercado, de forma que para identificar o mais adequado ao negócio é relevante conhecer quais os objetivos do uso, se facilitar a administração, levantar métricas de atendimento, otimizar recursos, aumentar a capacidade produtiva da clínica etc.

A partir da identificação dos objetivos fica mais fácil determinar quais funcionalidades são indispensáveis no software para que ele atenda com mais qualidade e eficiência as necessidades da empresa.

Customização do prontuário eletrônico

A adoção do prontuário eletrônico em si já proporciona a melhora da qualidade do atendimento e armazenamento das informações do paciente, no entanto, quanto mais personalizado às necessidades da clínica, mais o PEP trará benefícios na gestão.

Os campos devem ser disponíveis de acordo com a especialidade médica e as demandas do profissional, melhorando a coleta e arquivamento dos dados.

Segurança dos dados

Médico conversando com paciente

Os pacientes estão mais interessados em certificar-se de que as tecnologias usadas e que armazenam dados pessoais, principalmente dados sensíveis como o prontuário médico, sejam seguras.

Portanto, a clínica deve verificar os procedimentos e cuidados relacionados à segurança dos dados armazenados, como criptografia, segurança no acesso e compartilhamento dos dados.

Layout do aplicativo

Além de uma decisão gerencial, a clínica deverá verificar junto aos médicos e demais profissionais a usabilidade do aplicativo, de forma que ele seja facilmente inserido na rotina e facilite a organização, aumentando a produtividade da equipe.

A interface deve ser amigável e intuitiva para garantir que os profissionais tenham facilidade no uso do recurso, podendo explorar as funcionalidades e utilizá-las no dia a dia.

Suporte à clínica

Mesmo aplicativos completos e fáceis de usar devem dispor de uma equipe de TI que faça o suporte adequado à clínica em caso de instabilidade, erros de funcionamento, falhas de segurança, entre outras ocorrências que, apesar de indesejadas, podem ocorrer.

Mobilidade do sistema

Se o objetivo do prontuário eletrônico é facilitar o atendimento ao paciente é fundamental que ele possa ser acessado por diferentes dispositivos, como smartphone e tablets.

A mobilidade do software é importante para que os profissionais de saúde podem acessar e alterar as informações mesmo sem estar na mesa de atendimento, podendo acompanhar o paciente no leito, por exemplo.

Inserção de documentos

Um aspecto a ser avaliado antes de optar por um prontuário eletrônico é a possibilidade de inserir documentos na ficha do paciente. Isso permite que todas as informações de um atendimento ou internação fiquem concentradas, otimizando os recursos.

Esse tipo de funcionalidade permite, por exemplo, a indexação de resultados de exames, laudos médicos, solicitações de procedimentos, receitas médicas e outros documentos relacionados.

Avaliação de outros clientes

Por fim, para certificar-se de uma escolha acertada é fundamental verificar o que outros clientes têm a falar sobre o software escolhido. Não é incomum que mesmo sistemas que disponibilizem diversas funcionalidades tenham problemas no uso, prejudicando os objetivos do negócio.

Essa avaliação mais mercadológica é fundamental para fazer uma escolha acertada do sistema do PEP e garantir mais sucesso na utilização do recurso.

O prontuário eletrônico, portanto, apresenta uma série de vantagens para clínicas e hospitais, no entanto, para que esses resultados sejam efetivos é importante que ele seja escolhido considerando critérios de qualidade, aspetos técnicos e segurança.

 

Saiba mais sobre Telerradiologia!

Quer descobrir mais sobre telerradiologia? Entenda tudo sobre esse universo que pode agregar mais resultados em sua clínica com a aceleração de diagnósticos, rapidez na entrega de laudos para pacientes, saúde e tecnologia. A DiagRad preparou um conteúdo exclusivo para você e pode ser sua parceira nos serviços de telemedicina!

Saber mais

 

Matérias Relacionadas

Receba Novidades
sobre gestão hospitalar e tendências da telerradiologia

Orçamentos

Orçamentos