07 coisas que todo profissional de radiologia ama sobre sua profissão!

Conheça algumas das motivações do profissional de radiologia para o exercício dessa complexa e delicada profissão.

Uma profissão ainda pouco conhecida no Brasil é a de teleradiologista, no entanto, os benefícios dela fazem com que cada vez mais o profissional de radiologia volte-se à opção digital dessa área de atuação.

Apesar de menos conhecida, a profissão já está consolidando-se principalmente fora do país. Nos Estados Unidos, por exemplo, uma pesquisa da Forbes revelou que o teleradiologista é o profissional que atua remotamente com uma melhor remuneração, entre US$ 100 mil a US$ 400 mil dólares.

Isso demonstra como esse profissional já é valorizado em outros locais em que a telemedicina está mais avançada. A expectativa é que o Brasil siga essa tendência internacional.

O que faz o teleradiologista?

Inicialmente é preciso saber o que o teleradiologista faz para entender porque esse especialista ama a profissão que exerce. Essa área consolidou-se com o crescimento da telerradiologia.

Nessa especialidade médica, os laudos de exames de imagem como raio-x, ressonância magnética, tomografia, mamografia e outros são emitidos a distância, pelo teleradiologista que atende a demanda de diversas clínicas e hospitais.

Dessa forma, essas instituições médicas não precisam ter in loco toda a estrutura e equipe que uma área de radiologia completa demanda. O objetivo dessa prática é reduzir os custos de operação do setor e aumentar o acesso a esses serviços médicos.

Assim, no dia a dia, o teleradiologista recebe as demandas as clínicas e hospitais parceiros por meio de um software próprio e com os conhecimentos de medicina e radiologia faz a emissão do laudo, encaminhando-o ao solicitante em um prazo reduzido.

Quais os benefícios de ser um profissional de radiologia?

O profissional de radiologia lida diretamente com a etapa de diagnóstico na área da saúde, sendo ela sensível para um encaminhamento correto do tratamento a qual o paciente será submetido e que determina as chances de sucesso dele.

A seguir, destacamos 7 motivos pelos quais os teleradiologistas amam a profissão que exercem, confira!

1. Ajudar o paciente

Qualquer profissional da área da saúde tem como comprometimento principal ajudar o paciente que necessita de amparo. É justamente esse o aspecto de maior importância para um teleradiologista, pois sem esse fator, a especialidade perde o sentido.

Para tornar-se um teleradiologista, o profissional deve cursar a faculdade de medicina e em seguida fazer uma especialização em radiologia. Esses anos de estudo para atuar na área são motivados pela possibilidade de ajudar o paciente.

Assim, o amor do profissional de radiologia surge da expectativa de melhorar a qualidade de vida do paciente por meio de um diagnóstico mais preciso.

profissional de radiologia atendendo o paciente

2. Diversidade de casos

Um teleradiologista atende em uma central, normalmente uma empresa especializada em telerradiologia que atende diversas clínicas e hospitais. Essa posição contribui para que ele tenha acesso a uma grande variedade de casos.

Um dos desafios mais valorizados na prática da medicina é justamente a possibilidade do novo, de acompanhar diferentes tipos de casos e aprender com eles, aprimorar o aprendizado médico para poder utilizá-lo para ajudar outros pacientes.

Devido receber demandas variadas de diferentes instituições, o profissional de radiologia sempre está lidando com novas experiências, o que impede que a rotina caia na mesmice.

3. Contribuir para o diagnóstico

Uma das partes mais importantes da área médica é o diagnóstico. Qualquer erro ou equívoco nesse processo pode custar a vida do paciente, de forma que os profissionais estão sempre buscando formas de aprimorar essas etapa e torná-la mais eficiente.

O teleradiologista lida diretamente com essa responsabilidade, sendo uma motivação e uma das razões do amor à profissão.

Confira também – Empresas de radiologia a distância estão revolucionando a saúde.

4. Uso de tecnologias

Além da experiência e diversidade de casos que contribuem para melhorar essa área, cada vez mais tecnologias estão sendo usadas para aprimorar essa etapa e também torná-la mais acessível.

Um exemplo é a inteligência artificial, usada para mapear exames de imagem auxiliando o profissional de radiologia a encontrar anormalidades. Outra é a telerradiologia em si, que permite que mais pessoas, mesmo aquelas que moram em locais distantes e carentes, tenham acesso a um diagnóstico de qualidade.

O uso e acompanhamento das tecnologias também consistem em motivos que tornam a profissão mais interessante.

5. Experiência adquirida

Boa parte das nossas vidas resume-se à profissão exercida. Isso porque, cerca de um terço do tempo durante a vida adulta é dedicado à profissão escolhida. Com isso, é possível afirmar que essa escolha define a experiência, tanto profissional quanto pessoal de cada indivíduo.

Assim, uma das motivações na área de telerradiologia é justamente a possibilidade de aprendizado proporcionado pela profissão, ajudando na construção de valores como a ajuda ao próximo, a importância da difusão do acesso aos serviços médicos de qualidade e a igualdade.

6. Rotina agitada

A rotina de um profissional de telerradiologia é bastante agitada, isso porque as demandas chegam a todo momento de todos os lugares do país e, no caso dos laudos emergenciais, o retorno deve ser rápido, com a vida do paciente em risco.

Com isso, a profissão é indicada para aquelas pessoas que são agitadas e gostam de uma rotina movimentada durante o dia de trabalho, sem riscos de ficar na monotonia.

profissional de radiologia a frente de outros dois médicos verificando o resultado do exame

Veja também – Como realizar a contratação de técnicos em radiologia?

7. Aprendizado constante

Qualquer profissão é mais prazerosa quando há potencial de desenvolvimento e aprendizado por parte do profissional. Para o teleradiologista, essa possibilidade é constante, pois além de manter-se atualizado sobre as ocorrências médicas em si, é preciso acompanhar a evolução tecnológica que, cada vez mais, influencia a prática da profissão.

Esses são alguns dos motivos pelos quais o profissional de radiologia ama a profissão. Devido às tendências da área, a expectativa é que haja mais teleradiologistas no mercado brasileiro nos próximos anos, dando continuidade a essa postura ética imprescindível para o bom exercício da telerradiologia.

Matérias Relacionadas

Empresa de Telerradiologia

Receba Novidades
sobre gestão hospitalar e tendências da telerradiologia

Orçamentos

Orçamentos