Mês da mulher: quais são os principais exames para mulheres?

Conheça 9 dos principais exames para mulheres e a importância da prevenção na saúde feminina.

O Dia Internacional da Mulher é comemorado em 8 de março. A data também é uma oportunidade para reforçar a importância da prevenção na saúde feminina por meio da realização dos principais exames para mulheres.

Ao optar por esse período para realizar os exames femininos anuais, a mulher garante a frequência necessária para que haja mais segurança e tranquilidade nos cuidados com a saúde.

A seguir conheça os principais exames, a importância deles e o uso da telerradiologia nesse processo.

Quais são os principais exames para mulheres?

O termo ginecologia refere-se à “ciência da mulher” e o especialista nessa área é responsável pelos cuidados relacionados ao aparelho reprodutor feminino e às mamas, mas também pode realizar o acompanhamento mais completo da saúde da mulher.

Dessa forma, o ginecologista é responsável por solicitar os principais exames para mulheres. Alguns, entretanto, devem ser acompanhados por profissionais especializados, como os cardiologistas e reumatologistas. A seguir conheça 9 exames importantes para a saúde feminina.

três mulheres abraçadas sorrindo

Papanicolau

Um dos principais exames da saúde feminina, o Papanicolau deve começar a ser realizado aos 21 anos mesmo que a mulher não tenha vida sexual ativa ou quando ela começar a ter relações se for antes dessa idade.

Ele consiste em uma raspagem no interior do colo do útero, retirando uma amostra das células para análise laboratorial. O objetivo do exame é identificar infecções vaginais e alterações uterinas que indiquem o câncer de colo de útero, sendo essa a principal forma de prevenção.

Ultrassonografia pélvica

A ultrassonografia pélvica também é um dos principais exames para mulheres, pois permite observar todo o sistema reprodutivo feminino identificando alterações precocemente nos ovários e útero. Entre as condições que podem ser identificadas por meio deste exame estão:

  • ovários policísticos;
  • útero aumentado;
  • endometriose;
  • sangramento vaginal;
  • dor pélvica;
  • gravidez ectópica;
  • infertilidade.

Portanto, trata-se de um exame indicado pelos médicos em diferentes situações, sendo importante manter uma periodicidade na realização para diagnóstico precoce dessas condições.

Mamografia

Um dos principais exames para mulheres é a mamografia que deve ser realizada anualmente a partir dos 40 anos ou antes quando a mulher possuir histórico de câncer de mama na família.

Esse exame é o principal aliado no diagnóstico precoce do câncer de mama, contribuindo para aumentar as chances de cura no tratamento. Ele deve ser realizado periodicamente ou ser solicitado caso alguma alteração seja identificada em outros exames ou mesmo no autoexame das mamas.

Ultrassom das mamas

O ultrassom das mamas é outro exame no leque dos mais importantes e deve ser realizado anualmente visto que ajuda na detecção de anormalidades das mamas.

Ultrassom da tireoide

Devido ao aumento da incidência de nódulos na tireoide e da importância dela para a manutenção da saúde da mulher o ultrassom da tireoide tornou-se um exame fundamental. Ele serve para prevenir e diagnosticar precocemente disfunções e doenças relacionadas a essa glândula.

Colesterol

O acompanhamento do colesterol é um importante recurso para monitorar os níveis de gordura no sangue e deve ser realizado periodicamente, pois a elevação desse índice exige a revisão de hábitos e melhora da alimentação.

O aumento exagerado da gordura no sangue pode provocar doenças graves como uma parada cardíaca.

Exame de urina e fezes

Os exames de fezes e urina também estão no leque daqueles que devem ser realizados periodicamente pelas mulheres, pois permitem identificar diversos problemas e viabilizar um tratamento precoce.

Análise hormonal

A qualidade de vida da mulher é diretamente influenciada pelos níveis hormonais, de forma que também devem ser realizados com frequência os exames que permitem identificar os níveis de hormônios como T4, T3 e TSH.

As alterações hormonais podem provocar diversos desconfortos às mulheres, exigindo acompanhamento médico para regularizar o funcionamento do organismo.

Densitometria óssea

Um exame mais necessário após os 50 anos, mas fundamental para mulheres nessa faixa etária é o de densitometria óssea. Ele permite identificar e acompanhar problemas como a osteoporose, condição cada vez mais frequente nas mulheres, principalmente após a menopausa.

Qual a importância desses exames?

Todos esses exames estão relacionados com questões importantes para a qualidade de vida da mulher de forma que a realização periódica deles evita o surgimento ou agravamento de diversos problemas de saúde, incluindo o câncer.

Além de doenças sérias, a falta de exames pode inviabilizar o diagnóstico de condições que reduzem a qualidade de vida da mulher. Por exemplo, as alterações hormonais podem provocar cansaço, indisposição, queda de cabelo, insônia e mudanças de humor.

Portanto, realizar anualmente os principais exames para mulheres contribui para evitar essas situações.

Como os laudos a distância contribuem nos diagnósticos?

Devido à alta demanda por exames femininos no mês de março cada vez mais a tecnologia tem contribuído para agilizar e aumentar a qualidade dos serviços médicos.

Nesse quesito, os laudos a distância, também chamada de telerradiologia, têm ajudado a atender essa elevada demanda por exames de imagem, como a mamografia e a densitometria óssea.

 

Saiba mais sobre Telerradiologia!

Quer descobrir mais sobre telerradiologia? Entenda tudo sobre esse universo que pode agregar mais resultados em sua clínica com a aceleração de diagnósticos, rapidez na entrega de laudos para pacientes, saúde e tecnologia. A DiagRad preparou um conteúdo exclusivo para você e pode ser sua parceira nos serviços de telemedicina!

Saber mais

 

O serviço permite que o exame realizado localmente seja laudado por um especialista de uma empresa parceira, realizando a devolução do laudo em até 24 horas para demandas cotidianas, o que torna possível um diagnóstico mais rápido e eficaz.

Dessa forma, por meio da telerradiologia, a tecnologia viabiliza que os principais exames para mulheres sejam realizados no prazo correto e sem prejuízos na entrega dos resultados, melhorando o acesso à saúde no mês da mulher.

Matérias Relacionadas

Receba Novidades
sobre gestão hospitalar e tendências da telerradiologia