Os principais problemas hospitalares durante a gestão na área da saúde

Conheça quais são os desafios mais comuns encontrados na gestão hospitalar e como enfrentá-los

Assim como em qualquer outra área, o setor da saúde também enfrenta os problemas hospitalares. Para o gestor, ficam as dúvidas e as incertezas sobre o que fazem em cada situação, sempre visando oferecer a melhor qualidade possível no atendimento, com agilidade e, de preferência, gastando a menor quantia possível.

Os desafios são muitos, mas para cada um deles há tendências e conselhos que pode ajudar você a tomar as melhores decisões. Infelizmente, os cursos de medicina raramente oferecem disciplinas ligadas à administração na graduação.

Dessa forma, os médicos em geral que precisam desenvolver aptidões administrativas acabam conseguindo esse conhecimento apenas em cursos especializados.

Listamos aqui alguns dos problemas mais comuns encontrados na gestão hospitalar e elencamos algumas dicas para que você possa se sair bem dessa situação sem comprometer o desempenho financeiro da sua empresa. A gestão de hospitais precisa ser feita de forma profissional, portanto quanto mais atenção você der a ela, melhor.

1 – Subestimar a importância do atendimento

Médico no celular

Quando um paciente procura um hospital, certamente vai precisar conversar com mais de uma pessoa antes de chegar ao médico.

A lista inclui as secretárias, as pessoas responsáveis por agendar e realizar os exames, além do médico e seus auxiliares.

No entanto, quando se costuma falar em bom atendimento, a primeira imagem que nos vem à mente é a do médico durante a consulta. E é um erro pensar que toda a experiência se resume a isso.

Dessa forma, é fundamental que toda a equipe que trabalha no hospital passe por um treinamento não apenas no sentido de melhorar o desempenho em suas funções, mas também visando humanizar o tratamento dos pacientes.

Em geral, eles chegam aos hospitais em uma situação fragilizada e qualquer coisa que você possa fazer para melhorar essas experiências com certeza vai contar muitos pontos a seu favor.

2 – Manter o fluxo de caixa em dia com um sistema de gestão nos hospitais

Qual é a situação financeira do hospital em que você trabalha? Em linhas gerais, a gestão muitas vezes se preocupa mais em contratar pessoas para suprir um maior número de tarefas do que em otimizar os processos e adaptar à realidade as condições financeiras do hospital. Esse diagnóstico só será possível por meio de um sistema de gestão hospitalar, que trate dos detalhes do fluxo de caixa.

É ele quem vai responder a pergunta sobre a situação atual do hospital, sobre a necessidade de contratação e dispensa de pessoas bem como os investimentos que precisam ser feitos para que haja melhorias no atendimento. Não subestime esse quesito, ele é coração da empresa. Tenha em mente que somente com saúde financeira será possível evoluir e fazer novos investimentos em médio e longo prazo.

3 – Considere a contratação de serviços de laudos a distância

Médico no computador

Muitos profissionais se perdem na hora da gestão hospitalar a partir do momento que passam a acumular mais e mais tarefas e sobrecarregam as pessoas que ali estão trabalhando.

Pior ainda, às vezes na ânsia por adicionar mais serviços ao seu portfólio, acabam por contratar mais pessoas, que ficam subutilizadas e acabam onerando a folha de pagamento sem necessidade.

Uma das soluções que você pode adotar para combater esses desperdícios é a adoção de laudos a distância. Esse é um tipo de serviço que só traz vantagens.

Primeiramente, a empresa contratada consegue entregar mais rápido e com maior qualidade os resultados dos exames realizados no hospital.

Além disso, aumenta a sintonia entre médicos e profissionais laboratoriais. Por fim, é possível reduzir os custos e manter o foco naquilo que é o seu principal diferencial: o atendimento e a realização dos exames.

Quer receber diagnósticos radiológicos para sua clínica ou hospital?
Solicite seu orçamento e receba laudos a distância de urgência ou em até 24 horas!

 

Saiba mais sobre
Laudos a Distância

A DiagRad, empresa de telerradiologia, preparou informações essenciais para quem quer saber mais sobre os laudos a distância e como eles podem colaborar positivamente em diversos aspectos como: aceleração de diagnósticos, rapidez em laudos, saúde e tecnologia. Descubra como esse universo pode ser útil!

Saber mais

 

4 – Gerir de maneira errada as agendas

Trabalhar em um hospital significa depender a todo momento de pessoas, sejam elas as que atendem ou as que buscam atendimento.

Nesse cenário, é comum que os médicos tenham que lidar com faltas e atrasos dos pacientes, bem como com as emergências que precisam ser encaixadas nesse meio tempo. Há ainda o fato de que muitos médicos costumam se atrasar para iniciar o atendimento.

Todos esses fatores podem casar uma imensa confusão na agenda. Dessa forma, é fundamental que você adote um sistema online, de simples consulta, onde fique claro para todos os envolvidos quais são os horários disponíveis, no caso dos encaixes, e quais são os horários que precisam ser cumpridos.

A ideia é otimizar os processos e tornar a hora de trabalho mais valiosa, garantido assim os melhores índices de eficiência.

5 – Organização e controle

Organização

A boa gestão de um hospital não acontece sem organização e controle. Essas são as palavras-chave para definir se uma instituição terá sucesso ou não em seu trabalho.

Nos hospitais, ainda se perde muito tempo com tarefas burocráticas e muitas vezes o gestor acredita que a única solução é contratar mais pessoas. Não é bem assim.

Novamente, é preciso ter um controle rígido sobre as tarefas que são realizadas, ficando de olho nas agendas e na relação hora trabalhada x produtividade.

Em muitos casos, tarefas rotineiras ou que fujam do foco do negócio principal podem e devem ser terceirizadas.

Isso vai fazer com que seja possível reduzir um quadro inchado de funcionários ou, ainda, que os atuais possam ficar menos sobrecarregados, produzindo um trabalho de melhor qualidade e melhorando os índices de eficácia do atendimento.

Saiba como a DiagRad pode beneficiar a gestão de hospitais e clínicas com uso da telerradiologia e o diagnóstico por meio dos laudos a distância 24h por dia.

>> Confira também o que é e como funciona a telerradiologia no Brasil <<

Matérias Relacionadas

Empresa de Telerradiologia

Receba Novidades
sobre gestão hospitalar e tendências da telerradiologia

Orçamentos

Orçamentos