Veja como a Medicina Nuclear auxilia no combate ao câncer do colo de útero!

Essa modalidade da medicina ainda não é tão conhecida e disseminada no Brasil, mas já existe e pode ajudar a combater o câncer de colo de útero com maior eficiência

O câncer de colo de útero é, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o terceiro tumor que mais acomete as mulheres, com um número de aproximadamente 16 mil novos casos por ano, ou seja, mais de 43 novos casos por dia.

Também conhecido como câncer cervical, essa doença, que resulta do HPV, acomete a parte mais inferior do útero e pode ser prevenida por meio de exames de Papanicolau e também pela vacina contra o HPV.

Porém, quando ela já está em um estágio mais avançado, é preciso recorrer ao tratamento mais eficiente possível para se livrar dela de uma vez por todas, e esse diagnóstico precisa ser feito com absoluta precisão e eficiência.

Felizmente, uma ótima alternativa para o diagnóstico dessa doença é a medicina nuclear, que dá um panorama muito mais completo sobre seu estágio atual e auxilia os profissionais a tomarem a melhor decisão possível para o tratamento.

Como a medicina nuclear ajuda no tratamento do câncer do colo de útero?

Assim como acontece com grande parte dos cânceres, o do colo de útero também pode ter caráter metastásico, ou seja, se espalhar para outras regiões do corpo e se desenvolver no organismo da paciente.

Porém, não é todo tipo de exame que pode ser feito para se descobrir o estágio desse câncer. A colposcopia e a raspagem endocervical são úteis para o diagnóstico da doença, mas não determinam sua intensidade no organismo.

Felizmente, podem ser feitos diagnósticos precoces com a medicina nuclear, que atua de uma forma bastante peculiar no corpo da paciente e mostram exatamente qual é a área de atuação do câncer. Não deixe de conferir sobre a medicina nuclear aliada no diagnóstico precoce.

O funcionamento da medicina nuclear para esse diagnóstico é bastante peculiar: é administrada glicose à paciente por via venosa, para que a substância percorra toda a sua corrente sanguínea.

 Combate ao Câncer do Colo de Útero.

 

Depois disso, a paciente passa por um equipamento chamado de PET/CT, Positron Emission Tomography – Computed Tomography, ou Tomografia Computadorizada por Emissão de Pósitrons), que apresenta uma tecnologia de exame de imagem mais sensível.

Como resultado, é possível fazer uma análise bioquímica do corpo e identificar a presença de células cancerígenas. Em alguns casos, isso é possível até mesmo antes que elas se manifestem visualmente e que a metástase aconteça.

O PET/CT é um exame da medicina nuclear que possibilita a realização de um mapeamento do metabolismo do corpo, bem como a captação de imagens anatômicas de excelente resolução e com a possibilidade de reconstrução tridimensional.

Como são os laudos de Medicina Nuclear?

Depois da realização do exame de PET/CT, é necessário que um radiologista e um médico nuclear façam um laudo, que é onde eles concluirão se foi ou não encontrada alguma evidência do câncer do colo de útero e trarão maiores detalhes sobre isso.

Os laudos de medicina nuclear não precisam, necessariamente, ser emitidos no local em que o exame foi realizado, que muitas vezes não conta com esses dois profissionais ao mesmo tempo.

Entenda melhor como isso funciona e veja como essa alternativa da medicina é simplesmente indispensável para mulheres que estejam com essa doença.

Por isso, os laudos de medicina nucleara distância se mostram como uma excelente alternativa para proporcionar um atendimento mais rápido e eficiente às pacientes, ainda mais em um exame tão importante e regado de preocupação como esse.

Ao recorrer a esse tipo de laudo, não será necessário aguardar até que os dois médicos estejam no hospital ou no centro clínico, o que pode demorar muito ou até mesmo não acontecer, como é o caso de regiões mais afastadas dos grandes centros.

Hospitais que sabem o que é telerradiologia e investem nessa tecnologia são capazes de prestar um atendimento de excelência aos seus pacientes, já que ele pode ser prestado 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Depois de realizado o exame, ele já é enviado imediatamente pela internet para uma equipe de radiologistas e médicos nucleares, e depois de algumas horas o resultado fica pronto. Em solicitações de urgência, o tempo pode cair para até 30 minutos.

Pacientes que estejam com câncer do colo de útero encontram na medicina nuclear uma alternativa que realmente pode salvar suas vidas, principalmente ao aliar esse exame com os laudos a distância, o que permite que o tratamento seja iniciado o quanto antes.

Você conhece alguém que está passando por isso ou gostaria de se especializar? Entre em contato conosco!

Matérias Relacionadas

Empresa de Telerradiologia

Orçamentos

Eu gostaria de receber as novidades da DiagRad.

Sua mensagem foi enviada.
Orçamentos