Apple demonstra novamente interesse pela área da saúde

Não é de hoje que a Apple almeja expandir suas atividades na área da saúde e agora em reuniões constantes com com a Administração de Medicamentos e Alimentos norte-americana (FDA na sigla em inglês) as ambições da tecnológica vão mais longe que as aplicações para seus dispositivos já lançados.

Vieram a público as reuniões secretas entre a Apple e o FDA, onde o site Mobi Health News teve acesso a uma troca de e-mails entre as partes nos últimos 3 anos, revela que as intenções da Apple seja lançar produtos que necessitem do aval do regulador da área da saúde. O assunto principal dos e-mails seria soluções para monitoramento cardíaco e para a doença de Parkinson.

Sobre o monitoramento ou arritmia cardíaca, a troca de e-mails não revela detalhes de quais seriam soluções desenvolvidas pela Apple. Já para a doença de Parkinson o que estaria em desenvolvimento, segundo a imprensa norte-americana, é uma aplicação que permite diagnosticar a doença. Solução esta que para ser lançada necessita de aprovação do regulador.

Tim Cook, atual CEO da empresa, já destacou algumas vezes a ambição da Apple em entrar de vez na área da saúde pois segundo ele a saúde é um problema a nível mundial e que a área está madura para avançar através de uma nova visão mais simplificada e que gostariam muito de contribuir para isso.

Esse interesse merece atenção pois a entrada da Apple na área da saúde seria enriquecedora em vários pontos, principalmente no que será a apps que poderiam ser utilizados nas áreas de telemedicina. A torcida fica para que avance nos Estados Unidos e consequentemente em nosso pais.

Matérias Relacionadas

Empresa de Telerradiologia

Receba Novidades
sobre gestão hospitalar e tendências da telerradiologia

Orçamentos

Orçamentos